Higiene oral: perguntas frequentes

O meu cão tem mau hálito. Será que os dentes e as gengivas são a causa? Porquê?
A maioria dos casos de mau hálito são causados por uma doença de gengivas latente devido à acumulação de placa dentária. No entanto, o mau hálito pode dever-se também a outras causas tais como problemas nos rins, diabetes, etc. Algumas das bactérias na placa produzem químicos com mau cheiro chamados Compostos Voláteis de Sulfeto (CVS).

À medida que a doença nas gengivas vai avançando há uma tendência para que o cheiro piore. É importante que o seu cão seja visto pelo médico veterinário se notar que está a ficar com mau hálito.

Como posso cuidar dos dentes e gengivas do meu cão em casa?
A forma mais eficaz de higiene oral é a lavagem diária dos dentes. Alguns donos podem ter dificuldades em fazê-lo, mesmo depois de ensinados pelos médicos veterinários. Se é o seu caso, considere outros métodos de limpeza de dentes para manter a boca do seu cão saudável.

Snacks dentários, como Pedigree Dentastix, cuja efetividade foi comprovada cientificamente, são uma boa forma de manter os dentes do seu cão limpos e assim cuidar da saúde das suas gengivas.

Qual a diferença entre placa e tártaro?
A placa é uma pasta esbranquiçada que é uma “micro civilização” de bactérias. A placa é a causa de doenças nas gengivas, tal como do mau hálito e dos problemas nos dentes. O tártaro forma-se quando a placa se torna dura e calcificada e fica muito agarrada ao dente. A superfície irregular do tártaro dá à placa uma superfície ideal para se agarrar.

O tártaro só pode ser removido através de uma limpeza aos dentes com anestesia geral. Ao livrar os dentes de tártaro torna-se mais fácil aplicar os métodos de remoção de placa, pelo que os dentes e gengivas do seu cão ficarão mais saudáveis.

O meu cão é jovem. Tenho de cuidar à mesma dos seus dentes dado que as doenças de gengivas só são um problema nos cães mais velhos?
É verdade que as doenças nas gengivas pioram com o tempo, pelo que serão mais graves em cães mais velhos. No entanto, algumas raças como os Yorkshire Terrier e os Caniches, por exemplo, têm tendência para desenvolver doenças nas gengivas enquanto jovens, e uma vez que esta ataca pode progredir muito rapidamente em qualquer animal.

Assim sendo, recomendamos que todos os cães, incluindo os cachorros, devem ter cuidados de higiene oral em casa e ser examinados pelo menos uma vez ao ano pelo médico veterinário.

Os cães sofrem de dores de dentes ou na boca? Tenho notado que o comportamento do meu cão mudou. Será mau sinal?
Sim, os cães podem sofrer de dores de dentes. A dor é causada quando o problema dentário (dentes partidos ou cáries) afetam os nervos no dente ou gengiva. As áreas inflamadas ou infetadas também são muito dolorosas e as doenças nas gengivas podem tornar-se dolorosas à medida que pioram.

Muitas vezes os cães tentam não mostrar que sentem dores, tentam mesmo escondê-lo, pelo que os problemas com dentes e gengivas nem sempre são visíveis através de uma mudança de hábitos alimentares ou outros sinais como baba excessiva e esfregar constantemente o focinho. Normalmente, quando há dores na boca, não se notam grandes mudanças. Se o seu cão já demonstra mudanças de comportamento e sinais óbvios de dores na boa, o problema é provavelmente muito grave e deve levá-lo ao médico veterinário o mais rapidamente possível.